Algumas quedas de água têm vários metros de altura, mas muitas, talvez a maioria, não são muito altas. Com a época das chuvas ganham uma força extra que intensifica o ambiente natural com muitas rochas e a água a correr por vales estreitos.

Onde se formam piscinas naturais vemos o tom cristalino da água, a tonalidade azul e também, como testemunham Diogo Moreira e Joana Campos, a água é fria.

Cascatas do Peneo Furado
créditos: andarilho.pt

O comentário foi feito no verão e depois de um banho. “Sabe bem tomar banho na piscina natural. A água é muito boa. É fresquinho, as pessoas que são mais sensíveis à água fria tenham cuidado, não vão de repente.

Cascatas do Peneo Furado
Joana Campos e Diogo Moreira créditos: andarilho.pt

Eu vou sempre devagarinho e depois é que me molho.” Joana Campos faz um acrescento reconfortante: “A água da cascata é quente.”

Cascatas do Peneo Furado
créditos: andarilho.pt

As ribeiras do Milreu e do Pisão oferecem-nos o paraíso mais nesta altura, com menos gente. O acesso ao primeiro grupo de cascatas é fácil. Um passadiço com cerca de meio quilometro começa junto à praia fluvial e acompanha a ribeira de Codes onde podemos descer para outras praias naturais.

Em alguns recantos há também piscinas naturais que eram muito procuradas antes da construção do passadiço.

A vista de conjunto obtém-se do miradouro do Penedo Furado, que empresta o nome ao lugar. É um rochedo enorme, no topo de uma encosta, como se fosse uma escarpa. Quando descemos o vale percebemos que o furado não é uma figura de estilo. O penedo tem uma enorme cavidade na sua base.

Cascatas do Peneo Furado
créditos: andarilho.pt

Do miradouro temos uma vista ampla das serras e da albufeira de Castelo de Bode. O olhar mais próximo, quase na vertical, foca-se na praia fluvial, na ribeira e no passadiço.

Cascatas do Peneo Furado
Praia fluvial créditos: andarilho.pt

“Esta é a terceira vez que venho aqui porque é magnífico”, refere o Diogo, por que “as vistas são incríveis. Desde lá de cima. E as cascatas! Tem quatro ou cinco. Uma delas é incrível. Dá para descer. Fui lá com a minha namorada e é incrível.” Joana também destaca várias estátuas colocadas no topo de escarpas.

Cascatas do Peneo Furado
créditos: andarilho.pt

O ponto de partida é o miradouro das Fragas do Rabadão e um caminho leva-nos para um santuário e uma via sacra com estátuas colocadas perto de penhascos.

Cascatas do Peneo Furado
créditos: andarilho.pt

Mais próximo do Penedo Furado, na encosta para a ribeira de Codes, está um fóssil com cerca de 500 milhões de anos. Tem o nome de bicha pintada e tem cerca de 30 centímetros de espessura.

Cascatas do Peneo Furado
créditos: andarilho.pt

As cascatas (à escolha) do Penedo Furado faz parte do programa da Antena1 Vou Ali e Já Venho, e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.