Chiang Mai é a cidade mais turística do norte da Tailândia. Um dos passeios mais interessantes para fazer em Chaing Mai é uma espécie de “rota dos templos”, já que são tantos e bem distintos uns dos outros. As distâncias entre eles também não são consideráveis e, portanto, visitei a cidade a pé, exceto um templo numa colina, e o mais importante da cidade, chamado de Doi Suthep.

Os templos espalham-se pela parte velha da cidade que cobre uma área ainda bastante ampla, mas como passei vários dias em Chiang Mai, decidi visitar todos sem tours e a pé. A cidade é bem barata com muita oferta ocidentalizada. Prefiro cidades mais genuínas, mas não posso dizer que desgostei de Chiang Mai.

Outra grande atração da cidade é um mercado noturno que acontece todos os domingos e que se estende por um quilómetro na rua Tha Pae que fica cortada ao trânsito. Este mercado é um “shoppers paradise”. A oferta é tanta, com tanta criatividade e objetos singulares, que tenho pena de não ter conseguido ver tudo. Para além de roupas, acessórios, decoração e todo o tipo de souvenirs que possam desejar, o mercado também tem comida deliciosa e a preços bem acessíveis. Cheguei a encontrar pastéis de nata com vários sabores. Aqui também podem ser provados vários insetos fritos.

Gostei desta cidade e considero que vale a pena uma visita para quem nunca esteve na Tailândia ou não se cansa de ver templos. A cidade é, de facto, muito turística. Por isso mesmo, alguns dos templos mais conhecidos e importantes exigem um bilhete de entrada.

Fica a listagem de templos em Chiang Mai que não podes perder:

  • Doi Suthep
  • Wat Chedi Luang
  • Wat Chiang Man
  • Wat Dok Euang
  • Wat Lok Moli
  • Wat Pa Pao
  • Wat Phan Tao
  • Wat Phra Singh
  • Wat Rajamontean

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.