Segundo a revista Hello!, a vaga para a função de "diretor de viagens reais" está a ser anunciada na plataforma LinkedIn. Embora o local de emprego seja em Londres, é possível que exija algumas viagens ao exterior.

O diretor de viagens deve assegurar a compra de "serviços de viagem seguros, eficientes, económicos e adequados" para os deveres oficiais dos membros da família real e de suas famílias, segundo afirma o anúncio. Isso inclui organizar viagens aéreas e de comboio, além de supervisionar as operações dos helicópteros da rainha. Além disso, o funcionário terá de entrar em contacto com as autoridades relevantes para "fornecer conselhos e recomendações sobre as viagens, tendo em conta as questões de segurança, proteção e meio ambiente."

Para se candidatar ao emprego, é necessário ter experiência em gestão financeira e operações de viagens, com foco na segurança. Liderança, habilidades de negociação, resolução de conflitos e boa comunicação também são características desejadas. O cargo é full-time, tem um salário de 85 mil libras anuais (cerca de 100 mil euros) e implica trabalhar no Palácio de Buckingham, durante 37,5 horas por semana.

As candidaturas à vaga de emprego podem ser feita até 20 de dezembro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.