A Federal Aviation Administration (FAA) informou que a aeronave Piper PA28 perdeu a roda principal direita, no domingo à tarde. Taraska, uma aluna piloto que voa há três anos, voou em círculos e pousou o avião monomotor de asa fixa por volta das 17h50.

Gloria Bouillon, gerente do aeroporto, disse ao Boston Globe que o avião foi danificado significativamente após pousar na pista e derrapar na relva. Por sorte, Taraska não sofreu nenhum ferimento.

"Eu fiquei muito assustada e nervosa, obviamente", disse à ABC News. "Eu já tinha treinado procedimentos de emergência antes, mas não depois de perder uma roda."

Taraska ia realizar uma viagem para Portland, Maine, quando um piloto no chão viu a roda a cair do avião. O piloto contactou a torre de controlo que, então, notificou Taraska sobre o sucedido.

A jovem de 17 anos planeia entrar na Academia da Força Aérea dos EUA e disse que precisava ter confiança na sua habilidade se quiser ser piloto. "Eu sabia que tinha praticado procedimentos de emergência várias vezes e sabia que, se tentasse o meu melhor e mantivesse a cabeça fria, teria o melhor resultado possível", disse em entrevista coletiva.

O instrutor de Taraska, John Singleton, comunicou-se com ela via rádio para a ajudar na aterragem. O aeroporto foi fechado para eliminar as distrações e vários bombeiros e policias foram para o aeroporto, para fornecer apoio adicional.

"A aterragem correu o melhor possível, tendo em conta a situação", disse Bouillon. "Ela fez um trabalho fenomenal na situação de emergência em que se encontrava."

"Eu não poderia ter feito isto sozinha", acrescentou Taraska.

A FAA está, atualmente, a investigar o incidente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.