A Economist Intelligence Unit publicou o 10º estudo que revela o Índice de Democracia, com base em cinco categorias: processo eleitoral e pluralismo, direitos civis, funcionamento do governo, participação política e cultura política.

De acordo com a classificação obtida - numa escala de 0 a 10 - em cada uma destas categorias, os países foram classificados da seguinte forma: democracia completa, democracia defeituosa, regime híbrido e regime autoritário.

Os resultados mostram que quase metade da população mundial vive dentro de algum tipo de democracia, embora apenas 4,5% viva no que é chamado de "democracia completa”, ou seja, com uma pontuação superior a 8.

Por sua vez, perto de um terço da população mundial vive sob um regime autoritário, sendo que uma grande parte está na China.

Das dez principais democracias completas da lista, sete são países europeus. Veja na fotogaleria abaixo:

No leque das democracias defeituosas, encontramos países como Portugal (27.º lugar), Itália, França, Chile, Bélgica, Estados Unidos, Japão ou Taiwan.

Os regimes híbridos incluem Bolívia, Ucrânia, Albânia, Geórgia, Quénia, Nepal, Tailândia e Nicarágua, entre outros.

Finalmente, no lote da classificação correspondente a regimes autoritários, estão países como Venezuela, Camarões, Cuba, Ruanda, Vietname ou Coreia do Norte (o último da lista).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.