Medir a tolerância racial de um país é uma análise de uma grande complexidade, uma vez que o racismo move-se de várias formas. É possível que as pessoas de um determinado país convivam em harmonia com outras raças, mas sejam intolerantes com outras, por exemplo.

O World Values ​​Survey é um programa internacional que estuda "valores sociais, políticos, económicos, religiosos e culturais", incluindo tolerância racial e racismo. A análise da WVS envolveu várias perguntas a entrevistados de mais de 80 países. Além das questões, os entrevistados também foram desafiados a identificarem os tipos de pessoas que não gostariam de ter como vizinhos.

Quanto mais pessoas de um determinado país respondessem que ficariam felizes em ter um vizinho de uma raça diferente, mais tolerante (racialmente) o país dos entrevistados seria considerado.

A isto, foi adicionado um relatório elaborado em conjunto pelo U.S. News and World Report, o BAV Group e a Wharton School da Universidade da Pensilvânia (Estados Unidos da América), que acrescentou perguntas específicas sobre tolerância racial, num estudo de 2021, com mais de 17 mil pessoas de 78 países .

Na galeria abaixo irá encontrar, primeiramente, os cinco países que foram considerados mais racistas e depois os 15 mais tolerantes.

International Convention on the Elimination of All Forms of Racial Discrimination (ICERD) é uma organização das Nações Unidas, que luta pela eliminação da discriminação racial, e também contribuiu para a elaboração da lista. Todas os membros integrantes da Convenção têm a obrigação de proibir o discurso de ódio e criminalizar a participação em organizações racistas.

O SAPO está a acompanhar o Mundial mas não esquece as vidas perdidas no Qatar. Apoiamos a campanha da Amnistia Internacional e do MEO pelos direitos humanos. Junte-se também a esta causa. 

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.