A aldeia de Matmata, célebre por suas casas trogloditas, está localizada numa pequena cordilheira, 50 km a sudoeste de Gabès, a capital provincial. Os seus habitantes, na sua maioria berberes, construíram as casas escavando a areia argilosa, para conseguir temperaturas mais agradáveis e constantes.

As casas estão normalmente construídas em torno de um pátio (em forma de poço), e as divisões da casa estão dispostas concentricamente, escavadas nas paredes. A cozinha, os quartos de estão no piso térreo, enquanto o celeiro está no primeiro andar.

A tradição de construir casas no subsolo ou escavadas na rocha é antiga. Diz-se que os fenícios foram os primeiros a introduzir esta técnica, e na época romana já era bem conhecida. A lenda diz que Matmata nasceu quando tribos invasoras, apoiadas pelos romanos, obrigaram as populações locais a construir casas subterrâneas, que lhes permitiriam esconder-se da vista dos invasores e responder em ataques surpresa.

As casas trogloditas souberam também captar a atenção dos realizadores de cinema, ganhando fama nos filmes de Hollywood.  O hotel mais famoso da povoação é o Sidi Idriss, que serviu de casa a "Luke Skywalker" no primeiro filme da saga “A Guerra das Estrelas”.

 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.