"Não deixo de crescer desde 1889! Hoje celebramos um novo capítulo histórico: a instalação de uma nova antena que me faz crescer de 324 metros para 330 metros", diz uma mensagem na conta do monumento, um dos mais visitados do mundo, no Twitter.

Sob os olhares atentos de turistas e curiosos, um helicóptero posicionou a nova antena no topo da "Dama de Ferro", onde um técnico esperava para a fixar. A operação levou 15 minutos, após três horas de atraso pelo mau tempo, acompanhou a AFP.

"É um grande orgulho", disse à imprensa o presidente da empresa gestora SETE, Jean-François Martins, para quem a inédita operação, realizada com um helicóptero, marca a história da Torre Eiffel: "um lugar de experimentação tecnológica e científica".

O monumento foi construído pelo arquiteto Gustave Eiffel para a Exposição Universal de 1899 e foi, precisamente, a sua função como transmissor de rádio, num primeiro momento com fins militares, que o salvou de ser desmontado, acrescentou Martins.

Torre Eiffel cresce seis metros. Entenda porquê
créditos: AFP or licensors

Preparada "durante mais de um ano", a operação custou um milhão de euros. A nova antena, que permite a toda região de Paris acessar a rádio digital terrestre, pesa 350 quilos, segundo Arnaud Lacaussy, do operador de difusão TDF.

A instalação da antena acontece na mesma altura em que se pinta este símbolo de Paris, que vai recuperar um aspecto mais dourado em virtude dos Jogos Olímpicos de 2024, que serão realizados na "Cidade do Amor".

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.