Ter uma ilha privada é o sonho de muitas pessoas. E, caso seja um destes excêntricos, fique saber que, volta e meia, encontram-se opções em conta no mercado. Desta vez, há uma ilha escocesa com muito potencial à venda por um preço equivalente a um apartamento de dois quartos em Edimburgo, escreve o The Telegraph.

Quem quiser investir em Little Ross, deve conhecer o passado da ilha, que fica próxima do distrito de Dumfries e Galloway. Em 1960, um dos faroleiros foi assassinado pelo colega com quem dividia o farol. O corpo de Hugh Clark foi encontrado por dois visitantes que iriam fazer uma paragem na ilha para o almoço. O assassino Robert Dickson foi, depois, capturado e condenado à prisão perpétua.

Ilha Little Ross
Vista geral da ilha créditos: Galbraith Real Estate

Agora que já ficou por dentro desta pequena história real de terror, saiba que a ilha tem 12 hectares de terreno e, para quem quiser ficar com ela, inclui uma casa de seis quartos, três celeiros em ruínas, sendo autossuficiente em energia, uma vez que conta com painéis solares e uma pequena turbina eólica. Tudo pela "módica" quantia de 325 mil libras, cerca de 367 mil euros.

O farol, que já foi cena de crime, não está incluído na venda. Desde os acontecimentos de 1960, o farol é propriedade dos Comissários dos Faróis do Norte, que fazem visitas regulares para manutenção.

Ilha Little Ross
O farol créditos: Galbraith Real Estate

A ilha, acessível de barco ou helicóptero, tem um "potencial de desenvolvimento fantástico", disse um agente imobiliário da Galbraith ao The Telegraph.

Para David Corrie, a ilha pode transformar-se num refúgio ideal para ser aproveitado pelas próximas gerações.

Algum interessado?

Veja ainda: Estas são as atrações mais macabras da Europa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.