Volta e meia, surgem no mercado imobiliário castelos dignos de um conto de fadas. Em França, um castelo do século XIII foi comprado por um grupo de cidadãos através de um campanha de crowdfunding. Uma história com final feliz.

Agora, é na Bélgica que está mais uma oportunidade luxo para quem tem o desejo de ser dono de uma propriedade do tempo dos reis, cavaleiros e princesas.

O Castle Het ou Rubens Kasteel, construído no século XII, está à venda por 4 milhões de euros, indica o site The Culture Trip.

Rubens Kasteel
Outros edifícios integrados na propriedade créditos: DR

Este castelo ficou famoso por ter sido a residência do pintor Rubens que o comprou em 1635 para lá viver com a sua segunda esposa. Rubens fez questão de restaurar a propriedade de acordo com o estilo da renascença flamenga.

O pintor foi buscar inspiração nos cenários bucólicos envolventes ao castelo para vários quadros, entre eles, o mais conhecido está na National Gallery, em Londres, e chama-se A View of Het Steen in the Early Morning. Esta foi a última residência do pintor que morreu em 1640.

A View of Het Steen in the Early Morning
A View of Het Steen in the Early Morning

A propriedade tem 8 hectares, tem um fosso, com uma ponte de pedra que dá acesso ao castelo. Existem duas alas no castelo: uma de habitação do proprietário e outro para os empregados. O castelo tem 7 quartos, 5 casas de banho, 2 cozinhas, 2 salas de estar, 3 escritórios, entre outros pequenos cómodos. Mas a propriedade não fica por aí: existem ainda 3 outros edifícios (2 vilas e uma garagem), além dos jardins e espaços exteriores.

A propriedade fica perto da cidade Antuérpia e tem sofrido obras de conservação e restauro desde 1995.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.