Foto: Água residual no Parque Nacional da Gorongosa (Imagem composta por Piotr Naskrecki e Jen Guyton)

Lançada pelo Comissário da UE para o Meio Ambiente, Virginijus Sinkevicius, por ocasião do Dia Mundial da Vida Selvagem de 2020, a Coligação pede uma forte mobilização de todos os centros de investigação do mundo, museus de ciência e história natural, jardins botânicos, zoológicos, parques, aquários e muito mais para que faça ouvir as suas vozes falar sobre a crise da natureza.

No momento em que a ciência nos avisa que 1 milhão de espécies estão em risco de extinção, é urgente unir todas as forças e falar pela natureza.

“Com cerca de 7.000 espécies documentadas de animais e plantas, e paisagens que abrangem quase todos os tipos de habitat encontrados no sudeste da África, o Parque Nacional da Gorongosa representa uma riqueza biológica excepcional que deve ser protegida a todo custo.”, disse o Dr. Piotr Naskrecki, Director Adjunto do Laboratório de Biodiversidade E.O. Wilson da Gorongosa,

“Os programas educacionais, de desenvolvimento humano e de investigação científica do Parque garantem que a totalidade da sua biodiversidade, desde minúsculos crustáceos endémicos a leões e elefantes, será protegida e apreciada por todas as gerações vindouras, local e globalmente.”

Leões no Parque Nacional da Gorongosa
Leões no Parque Nacional da Gorongosa créditos: Olivier Grunewald

Mais de 100 instituições e organizações, como TRAFFIC, o Museu de História Natural de Madrid, o Museu de Ciência de Porto Rico e o Instituto Oceanográfico do Mónaco, já endossaram o compromisso comum da Coligação, conclamando todos a agirem pela natureza.

Após os anúncios dos parques do Delta do Axios e do Lago Kerkini na Grécia e do parque nacional Van Gogh na Holanda, o Parque Nacional da Gorongosa é o quarto parque do mundo na Coligação, encorajando todos os parques de África e de todo o mundo a aderir ao movimento.

A Coligação Global #UnitedforBiodiversity visa construir uma mobilização mais forte para aumentar a consciencialização sobre a necessidade de proteger todas as formas de vida, antes da próxima COP 15 da Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB), quando as nações adotarão uma nova estrutura global para proteger e restaurar a natureza, tão necessária quanto o Acordo de Paris focado na urgência climática.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.