"A maior mudança para a Airbnb na última década", é assim que o portal de alojamento descreve as alterações à sua homepage e pesquisa, já visíveis a todos os seus utilizadores e enquadradas como parte de um "lançamento de verão". A diferença mais notória passa por uma nova organização dos alojamentos por categorias, de "vistas incríveis" a "casas pequenas", entre outras.

Categorias para todos os gostos

Segundo a Airbnb, o clássico método de pesquisa de viagens (destino e datas numa caixa de pesquisa) não chega para revelar a diversidade de alojamentos que os seus visitantes podem encontrar no portal: "à maioria apenas lhes ocorre umas quantas cidades como destino, mas a verdade é que existem alojamentos Airbnb em cerca de 100.000 cidades e vilas por todo o mundo", lê-se no seu comunicado.

Uma visita ao site da Airbnb confirma a alteração: o campo de pesquisa tradicional continua lá, mas perdeu destaque para as novas categorias. No total, são 56 categorias que organizam todos os alojamentos em função do seu estilo, localização ou proximidade de uma atividade a realizar durante a viagem. Ao procurar um destino, os resultados serão organizados pelas categorias potencialmente mais relevantes para esse destino.

Uma pesquisa do SAPO Viagens por alojamentos em Faro, por exemplo, colocou em evidência as categorias "Piscinas incríveis", "Frente à praia" e "Praias". Em comparação, outra pesquisa por alojamentos no Peso da Régua, propôs as categorias "Pousadas", "Design" e "Vinhas".

Estadias Combinadas

O objetivo desta alteração parece ser tornar mais interessante uma estadia longa, dividindo a permanência num destino por dois alojamentos. Ao pesquisar um destino específico, as estadias combinadas aparecem automaticamente nos resultados da pesquisa, assinaladas com um ícone especial e uma linha que une os dois alojamentos propostos.

Estadias combinadas no Airbnb
Um exemplo de uma sugestão de estadia combinada em dois alojamentos diferentes no Gerês.

O SAPO Viagens testou a funcionalidade, pesquisando por alojamentos livres no Gerês, para uma estadia de 15 a 28 de agosto. Entre os resultados, apareceram, de facto, algumas sugestões de estadias combinadas em dois alojamentos diferentes. Não é claro se esta funcionalidade abrange alojamentos indisponíveis para a duração completa da estadia, algo que poderia revelar-se útil a quem não se importaria de abdicar de alguns dias na sua casa de férias ideal.

Mais garantias de segurança

Entre as alterações menos visíveis, incluem-se a Garantia de Conformidade da Reserva e uma nova Linha de Segurança 24 horas. No primeiro caso, se a qualquer momento durante a estadia um hóspede perceber que o alojamento não corresponde ao anunciado (por exemplo, o frigorífico deixou de funcionar e o anfitrião não o consegue arranjar em tempo útil), o hóspede terá três dias para reportar a situação à Airbnb, que encontrará uma casa semelhante ou melhor, ou fará o reembolso.

Segundo a Airbnb, a nova linha de segurança permite aos hóspedes o "acesso prioritário a agentes de segurança especialmente treinados, de dia ou de noite".

Mais curiosidades

Mais alguns dados curiosos revelados pelo portal a propósito destas alterações:

  • as 56 categorias incluem mais de 4 milhões de alojamentos únicos;
  • a categorização dos alojamentos foi feita automaticamente por algoritmo;
  • nos últimos três meses, quase metade das noites reservadas na Airbnb foram para viagens de uma semana ou mais;
  • Número de alojamentos em todo o mundo disponíveis no portal com "piscinas incríveis": 1.000.000
  • Número de barcos: 5.000
  • Castelos: 3.000
  • Casas na árvore: 2.000
  • Trulli (casas tradicionais da região de Puglia): 2.000.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.