As Ilhas Cook são um pequeno paraíso formado por 15 ilhas de areia branca, águas cristalinas, palmeiras, clima tropical e sol, em pleno Oceano Pacífico. A capital, Rarotonga, é uma das ilhas mais conhecidas, assim como a ilha de Aitutaki, cuja lagoa é considerada uma das mais bonitas do mundo.

A natureza tem sido generosa com as Ilhas Cook, sendo um canto do mundo de beleza natural inquestionável que merece ser preservada. Um dos factores que parecia estar a ameaçar a beleza destas ilhas era o uso excessivo de plásticos descartáveis. Esta situação parecia difícil de mudar, já que grande parte desses plásticos provêm das garrafas de água usadas pelos turistas.

Como na maioria das ilhas tropicais, a quantidade de plásticos usados excede a capacidade dos aterros e dos recursos para reciclá-los. Por esse motivo, em junho de 2019, foi assinado um novo decreto em todas as ilhas, proibindo os plásticos descartáveis ​.

A Turama Pacific Travel Group - a principal empresa de turismo de Cooks - lançou um projeto de engarrafamento de água na ilha de Rarotonga. Os turistas que entrarem na ilha vão receber uma garrafa de água de alumínio, reutilizável que poderão encher, evitando que mais de 200 mil garrafas de plástico se acumulem ano após ano no aterro sanitário da ilha.

Para garantir a qualidade, a água passará por um método de tratamento, no qual são eliminados 99,9% de bactérias e germes. Será nessa estação de tratamento, na Turama House, onde as garrafas serão desinfetadas e limpas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.