A empresa Sumitomo Forestry Co. Ltd revelou recentemente que está a construir o maior arranha-céus do mundo feito de madeira. O projeto chama-se W350, já que o edifício terá 350 metros de altura.

A data da sua conclusão está prevista para 2041, altura em que a empresa celebra o seu 350º aniversário.

Além dos seus 350 metros de altura, o arranha-céus terá 70 pisos, 180 mil metros quadrados e tem um custo de construção atual duas vezes superior a um edifício normal com a mesma altura.

Apesar de ser apelidado de "arranha-céus de madeira", na verdade é uma mistura de madeira com aço, onde a proporção é de 9:1 respetivamente.

Em 2041, Tóquio vai ter um arranha-céus de madeira
créditos: Sumitomo Forestry Co. Ltd

Está programado para que o edifício tenha hotéis, escritórios, lojas e casas. A ideia é que tenha muita luz e espaços verdes, e que seja um edifício mais "amigo" do ambiente.

Em comunidado, a empresa explica: "O objetivo é criar cidades amigas do ambiente, onde os edifícios em madeira se tornem florestas através do uso crescente deste tipo de arquitetura na construção de edifícios altos".

No entanto, este não é o primeiro edifício onde a madeira é o material de construção privilegiado. Existe atualmente uma residência para estudantes em Vancouver (Canadá), com 53 metros de altura, e em Viena, Áustria, está prevista para o final deste ano, a conclusão de um edifício de madeira, a Ho-Ho Tower.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.