O estudo global, realizado em parceria com a Ipsos MORI, entrevistou mais de 23.000 utilizadores do TripAdvisor em 12 mercados sobre o uso de avaliações online e o seu papel ao reservar hotéis, restaurantes e experiências.

O estudo revela que a sabedoria do público continua a ser a razão pela qual os participantes visitaram o TripAdvisor, com os utilizadores participantes a citarem que as análises descritivas e úteis (70%), a precisão do conteúdo (62%) e a ampla gama de conteúdo de viagens (62%) são as principais razões para visitar o site.

Nas avaliações de hotéis, restaurantes e atrações, mais de quatro entre cinco (85%) participantes relatam que os comentários que leem no TripAdvisor refletem com exatidão a experiência, com 86% a concordar que as avaliações os deixam mais confiantes nas suas decisões de reserva.

As pessoas confiam nas pessoas

Os resultados demonstram ainda que as avaliações dos viajantes continuam a ser uma fonte de informação, com 72% dos entrevistados a revelaram que leem sempre ou frequentemente as opiniões antes de tomar uma decisão sobre locais onde ficar e comer, ou coisas para fazer. O número é ainda maior quando se trata de reservas de acomodação, onde quatro em cada cinco viajantes participantes (81%) leem sempre ou com frequência as avaliações antes de reservar uma estadia.

Quase 8 em cada 10 utilizadores (79%) são mais propensos a reservar um hotel com uma classificação maior ao escolher entre duas propriedades idênticas, e mais da metade (52%) concorda que nunca reservaria um hotel sem avaliações.

A consistência é importante para os viajantes

Ao pesquisar as suas viagens, os entrevistados indicam que a coisa mais importante que procuram ao ler avaliações é o conteúdo recente. Para os viajantes é importante saber que o que estão a ler é uma avaliação recente, que oferece uma nova perspetiva sobre um lugar ou experiência, com 78% concentrando-se nas revisões mais recentes.

Os utilizadores da plataforma tomam decisões conscientes, com quase quatro em cada dez entrevistados (39%) dizendo que ignoram comentários extremos e mais da metade dos entrevistados (55%) leem várias análises em várias páginas para obter uma percepção geral das opiniões das pessoas. Em média, estes utilizadores leram nove avaliações antes de tomar uma decisão sobre a reserva de um hotel ou restaurante.

Porque é que as pessoas escrevem avaliações?

Os resultados da pesquisa enfatizam que o TripAdvisor não é simplesmente um lugar para as pessoas expressarem as suas queixas. Quando perguntados sobre as suas motivações para escrever avaliações e partilhar as suas histórias, a principal razão dada por 87% das pessoas é que estas querem partilhar boas experiências com outros viajantes. Um facto que é ainda mais apoiado pela simples razão de que a média mundial de avaliação do TripAdvisor em 2018 foi de 4,22 em cinco.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.