"Oh não, é 2018 outra vez", escreveu o jornal Sydney Morning Herald em referência ao erro tipográfico existente na mensagem projetada sobre a Ponte da Baía de Sydney, no momento em que foram lançadas as 8,5 toneladas de fogos de artifício.

O erro ocorreu durante os fogos de artifício à meia-noite, onde cerca de um milhão de pessoas assistiam à beira do porto de Sydney.

Anna MacInerney, chefe da organização do evento, afirmou que não ficou feliz com o erro, mas acabou por rir e seguir em frente. "Organizar um evento desta escala leva ao menos 15 meses. Foi um erro, mas podemos esclarecer que na realidade estamos em 2019 ."

Muitos dos presentes registaram o erro e partilharam as fotografias nas redes sociais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.