Companhia aérea erra e vende bilhetes de 14 mil euros por 600
Companhia aérea erra e vende bilhetes de 14 mil euros por 600
Ver artigo

Depois de se ter enganado a listar os bilhetes numa promoção de fim de ano e ter vendido bilhetes que custavam 14 mil euros por apenas 600, a Cathay Pacific voltou a cometer o mesmo erro. Os bilhetes de ida em primeira classe de Portugal para Hong Kong, com escala em Londres, foram vendidos na página na Internet da empresa por 1512 dólares de Hong Kong (cerca de 168 euros), segundo informou o jornal South China Morning Post, citado pela AFP.

“Estamos à procura da causa raiz deste problema, tanto a nível interno como externamente com os nossos vendedores", disse um porta-voz da empresa.

A companhia aérea honrará as tarifas baratas pelo "número muito pequeno" de viajantes experientes e afortunados, acrescentou o porta-voz, como fez da última vez. Isso significa que os clientes poderão experimentar benefícios da primeira classe, como o acesso aos lounges da companhia aérea, uma cama totalmente plana, uma roupa de dormir aconchegante e um menu cuidadosamente selecionado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.