O The Telegraph informou que a operadora de parques temáticos Euro Disney revelou que criará mais de mil empregos como parte de um plano de desenvolvimento que espera "dobrar a capacidade de visitantes, ao abrir novas atrações nos dois parques existentes e possivelmente construir um terceiro parque temático".

Também informou que o empreendimento terá 14700 quartos de hotel criados num local próximo à auto-estrada A4, que liga o resort ao centro de Paris, acima dos 5800 existentes atualmente.

Em fevereiro deste ano, o presidente-executivo da Disney, Bob Iger, anunciou o enorme investimento na atração após uma reunião com o presidente francês, Emmanuel Macron, em Paris.

O novo empreendimento terá três novas áreas no Walt Disney Studios Park, que serão lançadas em fases, a partir de 2021. Estes incluem uma nova montanha-russa com tema da Marvel, juntamente com atrações temáticas de Frozen e Star Wars.

A empresa Walt Disney disse em comunicado: "O plano de expansão é um dos projetos de desenvolvimento mais ambiciosos da Disneyland Paris desde sua inauguração, em 1992, e ressalta o compromisso da empresa com o sucesso a longo prazo do resort como marca da Disney na Europa". '

Com mais de 320 milhões de visitantes desde 1992, o parque corresponde a 6,2% da receita do turismo francês e tem sido uma benção para o emprego local, empregando cerca de 16 mil funcionários. Mesmo assim, a Euro Disney enfrentou sérios problemas financeiros depois de fazer projeções excessivamente otimistas sobre o número de visitantes e assumir a dívida.

A Walt Disney assumiu o controlo da empresa em dificuldades em junho de 2017. A Disneyland Paris atualmente compreende dois parques temáticos - o Disneyland Park, com a temática de contos de fadas, e o Walt Disney Studios Park. Possui sete hotéis, dois centros de convenções e um campo de golfe.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.