No fim de semana, o ex-presidente discursou em Anaheim, na Califórnia, onde partilhou uma história sobre uma visita à cidade do sul da Califórnia em que se sentiu bastante "envergonhado", depois de visitar o Disneyland Park.

"Tenho vergonha de dizer isso, tapem os ouvidos, jovens, mas alguns de nós estavam a fumar nas gôndolas”, disse Obama à multidão no comício, provocando várias gargalhadas. Na Califórnia, tabaco não é a única coisa que ele podia estar a fumar. "Eram apenas cigarros", Obama rapidamente esclareceu.

"Dois seguranças da Disneyland muito grandes disseram: 'Senhor, pode vir connosco?' E eles escoltaram-nos para fora da Disneyland", acrescentou. "Esta é uma história verdadeira - eu fui expulso do Magic Kingdom."

Após Obama ter contado a história, o atual CEO da Disney, Bob Iger, usou as redes sociais para dizer que Obama seria bem recebido de volta - desde que não quebrasse as regras.

"Obama acaba de iniciar o seu discurso, em Anaheim, com uma história dos seus anos de faculdade sobre ser expulso da Disneyland por fumar cigarros num passeio. 'Esta é uma história verídica, eu fui expulso do Magic Kingdom!' Ele pode sempre voltar, desde que não fume", partilhou Iger no Twitter.

O ex-CEO da Disney, Michael Eisner, também partilhou os seus pensamentos no Twitter: “Só para ficar claro. Eu não era o CEO da Disney quando Barack Obama estava no Occidental College e foi 'expulso' da Disneyland por fumar um cigarro. Sabendo que ele seria o Presidente, eu não faria isso.”

Embora Obama tenha trabalhado arduamente para acabar com o vício de fumar, se ele voltar à Disneyland, ficará feliz em saber que o parque possui várias áreas para fumadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.