Em novembro de 2019, a SpaceX lançou 12 garrafas de vinho juntamente com 320 fragmentos de videira merlot e cabernet sauvignon para o espaço para uma experiência  levada a cabo pela startup Space Cargo Unlimited. As garrafas e fragmentos passaram cerca de um ano a orbitar a Terra enquanto envelheciam, de forma a avaliar os efeitos das condições a bordo da Estação Espacial.

"O nosso objetivo é encontrar a solução de como será uma agricultura amanhã que seja orgânica e saudável e capaz de alimentar a humanidade, e achamos que o espaço tem a chave", Nicolas Gaume, CEO e cofundador da Space Cargo Unlimited, disse à Associated Press.

As garrafas - cuidadosamente embaladas em cilindros de aço para evitar quebras na reentrada - pousaram na Terra na terça-feira, no Golfo do México, mas ainda não estão prontas para serem abertas. Os investigadores vão esperar até fevereiro para abrir as garrafas numa degustação de vinhos em Bordeaux. Alguns dos maiores vinicultores e sommeliers da França irão fazer um teste de sabor e um relatório sobre as garrafas. Depois disso, o vinho passará por meses de testes químicos. Os investigadores estão especialmente interessados ​​em aprender como estar em órbita afeta a sedimentação e as bolhas do processo de envelhecimento.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.