Paredes floridas, fachadas cor-de-rosa, doces que enchem os sonhos de qualquer guloso e cappuccinos maravilhosamente decorados são algumas das coisas que podemos encontrar quando visitamos um destes cafés.

Elan Cafe

O Elan Café é, provavelmente, um dos 5 principais cafés da moda em Londres neste momento. A casa abriu portas no verão de 2017 e chamou logo a atenção pelos seus lindos interiores. É todo floral, rosa e pastel. Todos os cantos são bonitos, desde o espaço exterior até à sala interior.

O seus lemas são “Eat, Live and Nourish” (coma, viva e nutra) e “Uncompromising passion for coffee and food” (paixão intransigente por café e comida). O menu oferece diferentes opções de café, taças de açaí, panquecas, saladas, sanduíches e, claro, sobremesas, bem coloridas e deliciosas.

A loja principal fica em Market Place (9 Market Place, Fitzrovia W1W 8AQ), a 3 minutos a pé da estação metropolitana de Oxford Circus, mas há sucursais em Brompton Road, Park Lane, Selfridges, Hans Crescent e Lowndes Street.

Dalloway Terrace

A melhor coisa deste espaço é o seu terraço que constitui uma fuga maravilhosa ao reboliço da cidade em qualquer altura do ano. Protegido da chuva, aquecido e decorado com elegância — especialmente na época do Natal — o Dalloway Terrace é perfeito para lanchar, mas também para almoçar e jantar. Fica localizado no hotel The Bloomsbury, em Great Russell St. e é muito fácil de encontrar.

É um lugar extremamente agradável e eu diria até poético porque presta homenagem ao personagem Mrs. Dalloway, criado por Virginia Woolf, uma escritora cujo nome estará para sempre associado a Bloomsbury (grupo de artistas e intelectuais britânicos que existiu entre 1905 e o fim da II Guerra Mundial).

Peggy Porschen Cakes

Este é o café que está na origem da moda Londrina de cafés “cor-de-rosa”, florais e extremamente femininos.

A casa foi fundada em 2011 pela famosa designer de bolos Peggy Porschen, e convida-nos a experimentar cupcakes, bolos e outros doces que são autenticas obras-primas. É uma porta de entrada para um conto de fadas — um mundo de delícias.

A arte do café é outra coisa que se destaca neste lugar, peça um capuccinno e vai ver.

Farm Girl

O café Farm Girl apareceu em Notting Hill graças a Rose Mann, uma australiana que se mudou para Londres e trouxe com ela a ideia de criar um café simples e aconchegante, com comida saudável. Assim que a casa abriu teve enorme destaque porque não só oferece comida saudável e deliciosa, como também surpreende pelas misturas exóticas de ingredientes. Este é um lugar muito concorrido, principalmente nos fins de semana, por isso se estão interessados em lá ir, o melhor é chegar bem cedo.

Sketch

Paredes cor-de-rosa com centenas de desenhos de David Shrigley, talheres engraçados, móveis de veludo e um bar banhado a ouro é um cenário que dificilmente se esquece. Se juntarmos a isto as dezenas de opções para o chá, sobremesas delicadas e deliciosas e até caviar. Temos tudo para uma tarde especial.

Quem quiser ficar para jantar, também não se dececiona com o restaurante Glade, integrado no mesmo espaço.

Sigam as minhas aventuras mais recentes no Instagram e no Facebook

Artigo originalmente publicado no blogue The Travellight World

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.