O conhecido restaurante L-Colesterol, antes localizado em Aljezur e agora na Carrapateira, adotou o conceito internacional “farm to table”. O conceito, que tem vindo a ganhar fama a nível mundial, baseia-se na ideia de utilizar produtos próprios.

O L-Colesterol, que de há 2 anos para cá é também uma guest house, investiu na agricultura própria biológica e sem deixar de ter a carne e o peixe – de grande qualidade – tem todos os legumes dos seus pratos  de produção própria.

Diogo Vasconcelos assume que “foi um investimento trabalhoso, mas realmente o sabor dos alimentos é outro. Além disso, não se perdem as suas características únicas nem os nutrientes, já que não têm de passar por nenhuma viagem ou tempo de espera para chegar à mesa dos nossos clientes. Vão directamente da horta para a cozinha e da cozinha para a mesa”.

O proprietário desta casa que já tem 13 anos adianta que “esta  ideia não surgiu numa ótica de angariação de mais clientes. Até porque o L-Colesterol costuma estar sempre cheio e tem uma grande quantidade de clientes fidelizados. Surgiu, sim, por uma questão de aposta no que é nosso e é saudável, já que hoje em dia é difícil encontrar alimentos sem químicos ou alterações e esta é uma preocupação de muitos, inclusivamente minha que sou pai.”

O restaurante está aberto para pequenos-almoços, almoços e jantares, sendo que em julho e agosto esta última refeição só é servida mediante reserva a seguir às 21:00

Às sextas-feiras, o restaurante  oferece ainda noites diferentes com comidas do mundo. Todas as sextas, um convidado fará as delicias dos clientes com pratos de outras paragens.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.