Até agora, o metro mais antigo do mundo, que começou a funcionar em 1863, fechava portas por volta das 00h00, durante a semana, e a 01h00, aos fins de semana.

Para já, algumas linhas vão funcionar 24 horas por dia à sexta-feira e ao sábado, com um metro a passar a cada dez minutos.

Numa fase inicial, o "Night Tube" inclui duas linhas, a Central e a Victoria, que atravessam a capital britânica de leste para oeste e de norte para sul. Está previsto que o serviço seja ampliado progressivamente, no outono, às linhas Jubilee, Northern e Piccadilly.

Veja Também: As 20 cidades mais visitadas do mundo

Veja também: Os locais mais visitados de Londres

A polícia britânica anunciou a mobilização de 100 agentes adicionais nas 144 estações de metro que vão permanecer abertas a noite toda.

O novo “Mayor” de Londres, Sadiq Khan, acredita que o serviço da madrugada, além de beneficiar os amantes das saídas à noite, vai ser muito importante para turistas assim como para aqueles que tenham de trabalhar no período noturno, como pessoas ligadas à área saúde ou da segurança.

O metro londrino transporta, por anos, mais de mil milhões de passageiros. A TFL, empresa que gere este meio de transporte, estima que serão realizados mais de 180.000 trajetos adicionais entre as 00h30 e as 06h00 da manhã, quando o "Night Tube" funcionar em pleno.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.