“A proposta da 4.ª edição será viver e redescobrir o Lumiar, a mais antiga freguesia da cidade, que encerra as comemorações do seu 750.º aniversário em 2017, sendo atualmente a freguesia com o maior número de habitantes de Lisboa”, refere a organização da Lisbon Week em comunicado.

Nesta edição, as visitas guiadas voltam a estar a cargo do professor Sarmento de Matos, que “irá contar as histórias e segredos das grandes quintas de veraneio de Lisboa”. Entre os espaços a visitar estão o Palácio Angeja-Palmela, a casa do Museu Nacional do Traje e o Parque Botânico Monteiro-Mor.

O Museu Nacional do Traje, que celebra 40 anos em 2017, irá acolher a principal exposição da iniciativa, “sobre os últimos 40 anos da moda contemporânea nacional, com igual número de criadores envolvidos numa sinergia com o espólio do museu, que conta com mais de 38.000 peças”.

Outro dos destaques desta edição será a arte urbana, “com intervenções que ficarão de forma permanente nas ruas do bairro com a autoria de artistas de renome”.

O tema do Urbanismo terá direito a uma conferência, presidida pelo vereador da Câmara de Lisboa responsável por esta pasta, Manuel Salgado, que “abordará com especial foco o projeto da Musgueira e Alta de Lisboa, bem como o plano de urbanização de Telheiras dos anos 70”.

Há também um ciclo de cinema, “em parceria com o ICA – Instituto do Cinema e do Audiovisual, atualmente sediado nos antigos estúdios da Tobis Portuguesa, local de rodagem de alguns dos mais notáveis e emblemáticos filmes do século XX português, como ‘A Canção de Lisboa’”.

A organização destaca ainda que “a consciência sobre a sustentabilidade será abordada com o projeto educativo que levará ações de sensibilização para a redução dos resíduos de plástico aos alunos do ensino público e privado das escolas e colégios do bairro”.

“Esta ação terminará com a recolha de resíduos, que posteriormente vão resultar em instalações de arte pública realizadas pelos alunos”, lê-se no comunicado.

O projeto cultural e turístico Lisbon Week, que se realizou no outono em 2012 e 2013, regressou em abril do ano passado com um novo formato.

Esta iniciativa é uma produção da Actu – Associação Cultural e Turística Urbana, com coprodução da Câmara Municipal de Lisboa e, nesta edição, da Junta de Freguesia do Lumiar.

As duas primeiras edições decorreram em vários pontos da cidade, mas a partir da terceira a iniciativa passou a estar concentrada numa só freguesia em cada edição.

Na terceira, a Lisbon Week decorreu em Alvalade.

“O grande impacto e a atenção sobre Alvalade gerou um novo olhar e uma renovada energia nas instituições nas quais foi apresentada programação. O conhecimento gerado a partir da sua história permitiu criar novas dinâmicas que ainda hoje se mantêm”, refere a organização.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.