"A regressar! A treinar!", escreveu Suárez na sua conta de Facebook. Ximena Suárez publicou três fotos ao lado de um piloto e de outras assistentes da companhia aérea boliviana Amaszonas.

Suárez, mãe solteira de dois meninos, viajava como assistente de bordo do pequeno avião Avro RJ85 de LaMia, cujo acidente deixou 71 mortos entre as 77 pessoas a bordo.

Entre as vítimas estavam 19 jogadores da Chapecoense, bem como diretores do clube e jornalistas brasileiros que iam para Medellín para disputar a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional.

A Amaszonas Línea Aérea também já anunciou o regresso de Ximena à companhia, felicitando-a por realizar o seu sonho de voltar a voar como assistente de bordo, afinal, "quando amamos o que fazemos, o amor impõe-se à adversidade", lê-se na publicação.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.