Não temos nada, nem ninguém, a impedir-nos de sermos nós mesmos, de fazermos o que queremos, de andar por onde nos apetece, de descansar quando o nosso corpo pede, de falar com quem nos parece ser digno da nossa atenção.

Sozinhos, cometemos os nossos próprios erros e aprendemos com eles, mas o mais importante, é que as conquistas e vitórias são só nossas. E depois, temos uma certeza, é que vamos viajar com uma pessoa com quem nos vamos divertir: nós mesmos! Por todos estes motivos aqui ficam quatro razões para viajar sozinho:

Descubra-se, teste-se. Não há nada melhor do sair da nossa zona de conforto para perceber como realmente funcionamos. Estaremos sozinhos, num lugar diferente, por isso precisamos de nos apoiar e ser fortes caso alguma coisa não corra conforme o esperado.

Conheça novas pessoas. Uma excelente forma de conhecer a cultura dos lugares que visitamos é conversar com os habitantes locais e perceber o seu estilo de vida. E se for possível, experimentar viver do modo que eles vivem durante o tempo da viagem.

Aprenda uma nova língua. Não existe melhor forma de aprender/melhorar uma língua do que viajar para outros países. Se não falar a língua nativa, leve um dicionário e tente dizer algumas palavras durante a viagem. Os locais vão apreciar o seu esforço.

Faça coisas estranhas. Saia da sua bolha, da sua zona de conforto e faça coisas que habitualmente não faria. É a sua experiência, por isso, faça aquilo que lhe apetece e que o faz feliz.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.