Certo é que Folgosinho já foi sede de concelho (entre 1187 e 1836) e teve de facto um castelo construído no alto do monte rochoso e muito íngreme.
Não há registos muito antigos dos castelo, desconhece-se em que altura terá sido edificado.

Em 1938 decidiram reconstruir o castelo. É a estrutura que ainda hoje é visitada. É feita em pedra com tonalidade branco-rosado.

Folgosinho
Vista de Folgosinho créditos: Who Trips

Ao longe parece mais um castelo de Portugal dos Pequenitos.

Folgosinho
Interior das "muralhas" créditos: Who Trips

É uma estrutura circular com cerca de 10 metros de diâmetro, com guaritas e uma pequena torre de menagem com relógio. Está classificado como Imóvel de Interesse Público.

Folgosinho
Vista para Folgosinho e a Serra da Estrela créditos: Who Trips

O mais interessante é a vista. Além da paisagem natural da serra, consegue-se ver uma parte significativa da aldeia com casas antigas ofuscadas por construções mais recentes, sem uma linha arquitectónica ou enquadramento histórico.

Folgosinho
Capela e vista para o castelo créditos: Who Trips

Folgosinho é uma aldeia grande, tem mais de mil habitantes quando das festas locais e estende-se pela encosta acima.

Folgosinho
Estátua de Viriato créditos: Who Trips

No alto está a estátua de Viriato. Mais abaixo, ao lado do castelo, existe parte de uma via romana e há algum património religioso. Há vestígios arqueológicos e de uma sinagoga.

Folgosinho
Restaurante O Albertino créditos: Who Trips

A nível gastronómico já faz parte do património regional o restaurante Albertinoque está no centro da aldeia.

A reportagem foi realizada antes dos incêndios de Outubro que atingiram o concelho de Gouveia.

O castelo a brincar de Folgosinho faz parte do podcast semanal da Antena1, Vou Ali e Já Venho, e pode ouvir aqui.
A emissão deste episódio, O castelo a brincar de Folgosinho, pode ouvir aqui.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.