A rocha calcária foi moldada pelo mar, criando um labirinto de caminhos, grutas e formas impressionantes. Escadarias permitem que nos aproximemos do mar, que caminhemos até ao centro desta beleza natural, sempre embalados com o sussurro e a brisa do mar.

As rochas formam “porches”, autênticas varandas e janelas românticas sobre o mar, como "A Boneca", de onde se sente a leve brisa que dele sopra.

Descobrimos o passadiço num passeio noturno, cativou-nos de imediato, ao ponto que no dia seguinte vimos o nascer do sol no Algar Seco. O passadiço em madeira, com cerca de 570m de comprimento e zonas de descanso, liga o Algar Seco ao Forte e Capela de N. Sra. da Encarnação.

Se gostam de fotografia, de explorar a fauna e flora locais, num passadiço paradisíaco, este é o local. Se estiverem pelos lados do Carvoeiro, não deixem de o visitar, é uma explosão constante de cores e formas que vão povoar a vossa memória durante muito tempo.

Acompanhe as nossas aventuras no Instagram Viagensa4

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.