A capital austríaca cresceu nas margens do rio Danúbio, com jardins muito bem cuidados, e é um dos principais destinos culturais da Europa

O centro histórico de Viena, local de reinado dos Habsburgos (que governaram a cidade durante 600 anos), bem como o Palácio de Schönbrunn são reconhecidos pela UNESCO como Património da Humanidade. Além das belas salas de espetáculos, onde pode assistir às tradicionais valsas vienenses, desfrute ainda do ambiente nos cafés ou nas típicas tabernas austríacas (heurigen).

A partir de Lisboa há voos diários para Viena, a cidade que no início do século XX chegou a ser a quinta maior do mundo. Reserve com alguma antecedência para conseguir o melhor preço e deslumbre-se com esta verdadeira gema austríaca.

Entre os vários eventos da cidade, assista ao ImPulsTanz, festival Internacional de Dança de Viena e ao Film Festival am Wiener Rathausplatz. Este último é sem dúvida a melhor maneira de aproveitar o verão nesta carismática cidade, com transmissões de concertos para todos os gostos, desde a sua especialidade - a Ópera e a Música Clássica - até ao Pop, passando por mostras de dança e ballets. Até dia 2 de setembro é só escolher aqueles que mais lhe agradarem.

Aproveite as nossas sugestões culturais e de lazer para desfrutar ao máximo desta bela e inspiradora cidade.

Museu da História de Arte

É um dos mais bonitos museus do mundo. Abriu em 1891 e foi construído num estilo renascentista italiano projetado pelo arquitectos Karl von Hasenauer e Gottfried Semper. A magnífica arquitetura cria um cenário adequado aos tesouros artísticos reunidos pelos Habsburgos. Entre outras obras, o museu guarda as principais telas do pintor flamengo Pieter Brueghel (1525-1569).

VIena

Palácio de Hofburg

Durante 600 anos foi residência oficial da família imperial austríaca. Originalmente, a construção era um castelo medieval, cuja fundação é do século XIII, mas o palácio foi crescendo a cada novo imperador que subia ao trono. Cresceu tanto que passou a ser considerado uma cidade dentro da cidade, um complexo com 18 alas, 19 pátios e 2600 quartos.

VIena

Catedral de Santo Estevão

Situa-se no coração da cidade, no centro histórico, e é um belo exemplo da arquitetura gótica. Foi bastante danificada durante a Segunda Guerra Mundial mas a sua reconstrução marcou uma nova era de esperança. Tem cinco janelas medievais que contam, através das suas pinturas, histórias bíblicas sobre a paixão de Cristo.

VIena

Museu Leopold

É lar das maiores obras de arte modernas e contemporâneas, contendo um acervo composto por artistas como Gustav Klimt, Oskar Kokoschka e Richard Gerst. O museu contém o maior acervo de obras do pintor Egon Schiele.

VIena

Ópera Estatal de Viena

É devido a este edifício que capital austríaca conquistou o título de “Cidade da Música”. É um dos mais esplêndidos teatros em todo o mundo, e a atividade que ali se produz, com alguns dos melhores compositores, maestros e dançarinos e uma produção artística que ronda os 300 espetáculos por ano, fazem da Ópera uma atração imperdível.

VIena

Belvedere

Não é um palácio, mas vários palácios e edifícios, inseridos num importante complexo, que inclui ainda jardins e uma Orangerie - estufa de laranjeiras muito apreciada pelos aristocratas na época do Renascimento. Aqui, não deixe de apreciar o célebre quadro “O Beijo” de Gustav Klimt.

VIena

Stadtpark

É neste magnífico parque de lazer, construído há 150 anos, que vai encontrar a estátua mais fotografada da cidade: Johann Strauss, banhado a ouro, a tocar o seu violino. Há ainda outros locais que merecem ser visitados, como a estátua de Schubert ou o relógio de flores.

VIena
Viena desde 33€