Entre as muitas motivações que levam as pessoas a viajar pelo mundo, destaca-se, cada vez mais, o turismo de compras. A verdade é que as compras converteram-se num fator determinante que afeta a escolha do destino, um componente importante da experiência geral da viagem e, em alguns casos, a principal motivação da viagem.

Como tal, os destinos têm uma imensa oportunidade de alavancar essa nova tendência do mercado, desenvolvendo experiências de compras autênticas e únicas que agregam valor à oferta turística, reforçando e, inclusive, definindo a sua marca e posicionamento no turismo.

Mais importante, as compras são uma das principais categorias de gastos dos turistas, representando uma fonte significativa de renda para as economias nacionais. Em Portugal, nos primeiros oito meses do ano, os gastos dos turistas oriundos de fora da União Europeia aumentaram 36%, (dados da empresa Global Blue Portugal).

Se é daqueles que adora viajar e fazer compras ao mesmo tempo, então siga as sugestões da momondo, motor de busca de viagens, hotéis e aluguer de carros. São 10 destinos fascinantes para encontrar aquilo que procura e renovar o seu guarda-roupa enquanto descobre um novo destino.

Lisboa (Portugal)

Portugal já está no radar dos turistas que procuram por destinos para compras. A Baixa sempre foi o local por excelência para fazer compras, mas a Avenida da Liberdade, uma das principais artérias da cidade, tem vindo a ganhar destaque. Com árvores centenárias e sombras frescas é muito agradável para passear, enquanto visita as lojas de marcas conceituadas e de luxo.

lisboa
créditos: Pixabay

Milão (Itália)

Para os apaixonados pelo mundo da moda é quase obrigatório andar pela cidade de Milão e explorar todas as lojas e armazéns. É impossível não aproveitar as oportunidades que esta cidade tem para oferecer. A Galleria Vittorio Emanuele II é um dos centros comerciais mais emblemáticos, um dos mais antigos do mundo. Este é um lugar especial tanto para os amantes de compras como para os de arquitetura.

Galleria Vittorio Emanuele II
créditos: Pixabay

Madrid (Espanha)

O centro comercial Xanadu de Madrid disponibiliza diversão na neve o ano inteiro, na SnowZone. Além das mais de 200 lojas e restaurantes, o Xanadu tem também cinema, bowling, uma pista de karts e um campo de minigolfe. Viaje até ao país vizinho e leve a família. Há entretenimento para todas as idades e interesses.

Copenhaga (Dinamarca)

A Stroget, rua de compras pedestre mais comprida da Europa, estende-se ao longo de quase um quilómetro. É uma mistura do novo e do antigo, de boutiques de luxo e lojas mais em conta. Há lojas para todos os gostos e enquanto percorre a rua, faz uma caminhada agradável.

Paris (França)

O amor está no ar… e as compras também. Desde as típicas boutiques nos Champs-Elysées até às lojas de vintage e mercados de rua no Bairro Marais. Os Champs-Elysées são conhecidos por hospedar algumas das ruas mais caras para fazer compras, com marcas internacionais de alta qualidade. Aproveite ainda as belas esplanadas francesas para descansar da sua maratona de compras.

paris
créditos: Pixabay

Londres (Reino Unido)

No Harrods pode encontrar tudo num só centro comercial. Desde roupa, sapatos, acessórios, e até comida e bebida. Milhares de opções para homens e mulheres, miúdos e graúdos. Um mundo num armazém, visitado por milhares de turistas todos os anos.

Dubai (Emirados Árabes Unidos)

Conhecido por ser o destino ideal para amantes de excessos e glamour, o Dubai é um dos destinos imperdíveis para fazer compras. O maior centro comercial do mundo deixa qualquer visitante de queixo caído, com as mais de 1.200 lojas diferentes.

Mas é apenas por isso que é considerado o maior centro comercial do mundo? Conta ainda com um aquário gigante, um zoo aquático, uma gigantesca pista de patinagem no gelo e um túnel onde é possível ver tubarões. Tudo isto num só centro comercial.

Toronto e Edmonton (Canadá)

Uma experiência de compras “underground” é o que o PATH oferece. Este centro comercial é um passadiço subterrâneo da baixa de Toronto que liga 30 quilómetros de compras, serviços e muita diversão. Aqui pode encontrar mais de 1.200 lojas, que vão desde a Dundas Street a norte à Queens Quay a sul. Conselho de amigo: leve calçado confortável.

Ainda no Canadá, se tiver tempo, passe por Edmonton e conheça o Centro Comercial de West Edmonton. É o maior centro comercial da América do Norte, com mais de 800 lojas e restaurantes, inclui ainda um parque de diversões interior, parque aquático, campo de minigolfe, pista de patinagem e um campo de tiro interior. Mas não é só, pode ainda desfrutar de experiências culturais, passear pelas alas temáticas do centro, incluindo a ChinaTown, a Bourbon Street e a Europa Boulevard.

Edmonton
Edmonton créditos: Pixabay

Honolulu, Bloomington e Nova Iorque (Estados Unidos)

Havai. Calor. Praia. Paraíso. Vale a pena ir ao centro comercial? Sim, se for ao maior centro comercial do mundo ao ar livre, onde é possível simultaneamente apanhar sol e fazer compras. Pode encontrar mais de 300 lojas e restaurantes, ver espetáculos diários de Hula, no Ala Moana Centerstage, um dos anfiteatros mais populares no Havai. Deixe a praia durante umas horas e perca-se neste centro comercial.

Ainda nos Estados Unidos, encontramos na cidade de Bloomington, o Mall of America, o maior centro comercial do país com mais de 520 lojas e mais de 50 restaurantes. Um centro comercial que incorpora um parque de diversões Nickelodeon Universe e o Sea Life Minnesota Aquarium, perfeito para aliar a sua diversão com a dos mais novos. Aproveite e convença a família a ir consigo às compras, nem que seja uma vez na vida.

Mas é claro que não se pode falar de Nova Iorque, sem se falar em compras. Uma cidade com as maiores marcas, designers de todo o mundo, melhores lojas e mercados de roupa vintage. Desde a tecnologia às marcas de alta costura, passando pelo vintage e decoração, nada falta nesta cidade. Entre Soho, a 5ª Avenida e Times Square, difícil vai ser escolher.

Melbourne (Austrália)

História e arquitetura combina com compras? No caso do GPO, em Melbourne, sim. Um dos centros comerciais mais notados pela sua arquitetura que foi em tempos o Grand Post Office. Este é um dos lugares mais concorridos para fazer compras especiais em Melbourne.

Última sugestão: leve a mala vazia…vai precisar de muito espaço quando regressar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.