Sede da Cruz Vermelha e das Nações Unidas, em Genebra fala-se sobretudo francês. Mas é uma cidade mais internacional do que suíça, onde os jardins são a regra e não a exceção. Marque viagem e...

Procure João Calvino (e não só)

Entre pela Cidade Velha até encontrar a Catedral de St. Pièrre, gótica e imensa. Cidade-chave da reforma protestante, Genebra tem no Muro dos Reformadores do Parc des Bastions um dos seus maiores ícones. Carismáticos, e mais modernos, são também o Palais des Nations da ONU, a Cadeira Quebrada e o fabuloso Museu Ariana.

Veja o Mont Blanc ao longe

O lago e as cadeias montanhosas — Alpes e Jura — envolvem uma cidade onde não faltam lojas de luxo, relógios e chocolates. Nem a arte e boémia dos bairros coloridos de Carouge e Les Grottes. À noite, há que provar um fondue cremoso e o vinho Chasselas antes de rumar ao Grand Théâtre de Genève.

Genebra desde 38€