Maks Nordsveen, de 24 anos, estava a passear com os amigos quando foi surpreendido por uma rena de pelo branco. Além de serem difíceis de avistar, normalmente não se aproximam muito, mas esta cria acabou mesmo por se aproximar o suficiente para que Maks conseguisse várias fotografias. Em poucos dias, as imagens da rena branca tornaram-se virais nas redes sociais e foram notícia nos meios de comunicação de todo o mundo. A cor branca que torna a rena tão rara resulta de uma mutação genética que lhe retira o pigmento do pelo. De acordo com as lendas e mitos deste país nórdico, avistar esta espécie rara é sinal de boa sorte.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.