A pouco mais de 30 minutos - 25km - do centro de Havana, o Jardim Botânico Nacional de Cuba reúne plantas de vários locais do mundo.

Apelidado como o "Jardim de Havana", o Jardim Botânico Nacional, aberto desde 1984, ocupa 550 hectares e tem mais de 3 mil espécies para mostrar aos seus visitantes.

Aliás, este jardim tem coleções que albergam plantas cubanas e tropicais. Entre as principais atrações está a coleção de palmeiras, a Palmetum, que em 50 hectares tem 250 espécies de palmeiras do mundo, com destaque para as 90 que são autóctones de Cuba. Outro local muito bonito (não pude ver ao vivo, porque estava em obras, mas vi em fotografias) é o Jardim Japonês, inaugurado em 1989 - foi criado por um arquiteto nipónico, Yoshikuni Araki - e inclui uma casa de meditação e um pagode asiático.

Estive em Cuba há seis anos e, apesar de só estar na ilha há três dias, já dá para perceber que tem havido grandes mudanças e cada vez maior aposta na área do turismo.

O Viaje Comigo foi convidado pelo Turismo de Cuba (Mintur) para fazer a cobertura jornalística da FitCuba 2019, a feira de turismo deste país que, este ano, tem lugar em Havana.

Veja mais da viagem a Cuba no Facebook e Instagram do Viaje Comigo. Boas viagens!

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.