As autoridades de Jefferson, no Alabama, EUA, vão preservar parte do local onde Martin Luther King Jr. esteve preso meses antes de ser morto. O chefe de polícia Mark Pettway disse que Luther King esteve preso na prisão de Jefferson em 1967, após ser acusado de desacato. Segundo a cronologia existente, essa foi a última vez que o ativista foi preso, seis meses antes de ser morto em Memphis, Tennessee.

A antiga prisão de Jefferson é, atualmente, um tribunal e apenas uma cela - com um chuveiro e equipamentos mecânicos - sobreviveu. As autoridades de Jefferson vão agora trabalhar para tornar essa área do tribunal aberta ao público, juntamente com os documentos que provam que o ativista esteve detido nesse local.

Mark Pettway apelidou a cela de "tesouro escondido" ao falar com a AP e confirmou que as autoridades de Jefferson têm planos de conservação, pretendendo transformá-la numa atração turística e educacional.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.