Os espanhóis descobriram a ilha em 1499, mas foram os holandeses (que a ocuparam em 1636) que deixaram uma herança mais forte e duradoura. De tal forma que em 1990, depois de alguns esforços para se tornar independente, Aruba decidiu permanecer como parte integrante do Reino dos Países Baixos e manter o holandês como idioma oficial. O papiamento, um dialeto local que mistura palavras holandesas, espanholas, francesas e até portuguesas, é amplamente falado na ilha e a maioria dos habitantes fala também inglês.

Com um número impressionante de dias ensolarados por ano, o clima em Aruba é perfeito, tanto para os que gostam de se deitar na praia e não fazer mais nada, como para os que gostam de emoções mais fortes e procuram aventuras ao ar livre.

Passeios de barco, vela, windsurf, paddle boarding, mergulho e pesca, por exemplo, são algumas das atividades que se podem praticar na ilha. Outra vantagem de Aruba é a sua localização, fora do cinturão de furacões, que habitualmente atingem as Caraíbas.

Aruba
créditos: Travellight e H. Borges

Eagle Beach (Praia da Águia) integra com frequência as listas das melhores praias do mundo e a Praia dos Flamingos, onde estes pássaros andam livremente e interagem com os turistas, é a mais famosa da ilha, mas há muito mais opções disponíveis.

Nesta praia podemos tomar banho com flamingos
Nesta praia podemos tomar banho com flamingos
Ver artigo

No lado oeste de Aruba, encontramos praias calmas e perfeitas para nadar ou apanhar sol e no lado oeste há praias boas para a prática de surf e windsurf.

Mangel Halto, Baby Beach, Malmok, Dos Playa, Andicuri, Tres Trapi e Arashi Beach são algumas das mais bonitas praias da ilha.

Vinte por cento de Aruba é coberta por um parque nacional, O Parque Nacional Arikok, que oferece paisagens espetaculares e está repleto de vida selvagem. A piscina natural - um local de natação fora do comum, cercado por rochas vulcânicas - é uma das atrações imperdíveis.

Aruba
créditos: Travellight e H. Borges

A Capela de Alta Vista é um dos marcos mais preciosos de Aruba. Construída em 1750, este pequeno edifício foi a primeira Igreja Católica Romana da ilha e a sua localização oferece uma vista maravilhosa para assistir ao por do sol.

Capela de Alta Vista
Capela de Alta Vista créditos: Travellight e H. Borges

Aruba tem uma das populações mais etnicamente diversas das Caraíbas, o que significa que a sua culinária também é rica. Os sabores podem ser exóticos ou simples. A maioria dos restaurantes serve frutos do mar frescos.

De entre os pratos tradicionais recomendo experimentar uma pan bati (panqueca preparada com farinha de sorgo e leite), calco stoba (ensopado de búzios) e keshi yena (uma grande bola redonda de queijo recheado com carne temperada).

O Dutch Pancake House, especializado em panquecas holandesas, é um lugar de paragem obrigatória para os gulosos. As enormes, mas finas panquecas, têm quase o tamanho de uma pizza. Enroladas e cobertas com um pouco de Schenstroop (xarope de açúcar de beterraba) são uma delícia.

Aruba
créditos: Abner Valero - Unsplash

O Carnaval de Aruba, que acontece em janeiro, é o maior evento cultural da ilha, com muita animação e desfiles coloridos.

A 18 de março realiza-se o Dia da Bandeira, o evento perfeito para os visitantes que querem conhecer melhor os costumes locais e a deliciosa culinária de Aruba, mas, na verdade, todos os meses, a ilha oferece festivais, festas e outras celebrações em que os visitantes podem participar.

Alguns dos maiores festivais de música, como o Electric Festival e o Soul Beach Music Festival, por exemplo, são realizados em Aruba e atraem pessoas de todo o mundo.

Sigam as minhas aventuras mais recentes no Instagram e no Facebook 

Artigo originalmente publicado no blogue The Travellight World

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.