A pandemia provocada pela COVID-19 tem afetado sociedades no mundo inteiro, e as viagens também têm sofrido enormes quebras no último ano.

Para superar estas dificuldades, o governo de Singapura anunciou que irá oferecer a vacina contra a COVID-19 à Singapore Airlines. Isto significa um total de 37 mil funcionários que fazem parte da companhia, incluindo pilotos, assistentes de bordo e colaboradores cujo trabalho implique um contacto direto com o público.

Este movimento fará da companhia a primeira do mundo a ser "totalmente vacinada" contra a COVID-19. De acordo com o ministro dos Transportes, Ong Ye Kung, que visitou o centro de vacinação do Aeroporto de Changi, 13 mil funcionários já se inscreveram para a primeira dose da vacina.

Se tudo correr como planeado, o país espera retomar em breve as viagens para o cenário pré-pandemia.

A forma como Singapura lidou com a pandemia tem sido muito elogiada, já que o país tem 59,113 casos confirmados e apenas 29 mortes por COVID-19.

Já conhece o aeroporto de Changi?

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.