Palácios que parecem saídos de contos de fadas, parques onde é possível respirar ar puro mesmo no centro da cidade e alguns dos melhores museus do mundo. Estas são apenas algumas das atrações de Londres, que vai querer conhecer e sem gastar um penny sequer.

Museus e mais museus

Londres: um roteiro divertido (e gratuito!) para toda a família
créditos: Nicolas Lysandou/Unsplash

Londres oferece espaços museológicos para todos os gostos. E muitos deles têm entrada gratuita. É o caso do famoso Museu Britânico, mais conhecido como British Museum. Fundado em 1753, foi o primeiro museu nacional público do mundo e desde o seu início que não cobra bilhete a quem o visita. O Museu Britânico tem mais de 8 milhões de peças (apesar de nem todas em exposição), com destaque para uma abrangente coleção dedicada ao Antigo Egito. As civilizações grega e romana também estão representadas neste imenso acervo que abrange todo o Planeta.

Londres: um roteiro divertido (e gratuito!) para toda a família
créditos: Tommao Wang/Unsplash

Uma das atrações mais visitadas do Reino Unidos, o Museu de História Natural é outra paragem obrigatória (e com entrada gratuita!). Instalado no fabuloso Waterford Building, que já merece por si toda a atenção, o museu apresenta a mais importante coleção de história natural do mundo, num total de 80 milhões de espécimes, que vão desde microrganismos a enormes esqueletos de dinossauros, baleias e mamutes. Entre as estrelas do museu está, por exemplo, o T-Rex. Mas nem só de galerias vive esta atração. Vale também a pena apreciar a arquitetura do seu interior, nomeadamente os painéis ilustrados da entrada que representam plantas de todo o planeta, e passear pelo Wildlife Garden, um pequeno oásis verde no meio do reboliço da cidade. Estes são apenas dois dos museus que merecem uma visita em Londres. A eles juntam-se os também gratuitos Museu Victoria & Albert, Museu da Ciência e Museu de Londres.

Um passeio pelo parque real

Londres: um roteiro divertido (e gratuito!) para toda a família
créditos: Kevin Grieve/Unsplash

Nem só de museus vive a capital inglesa. Os espaços verdes são outro dos seus ex-libris, sobretudo os chamados parques reais que se encontram no centro. Um dos mais famosos é Hyde Park. Tudo começou em 1536 quando Henrique VIII se apoderou das terras da Abadia de Westminster para criar uma área de caça. O parque só abriria ao público em 1637 e desde então esteve entre os locais mais históricos de Londres. Serviu de refúgio durante a Grande Praga de 1665, foi palco de comemorações no final das Guerras Napoleónicas e recebeu a grande Exposição de Londres já em 1951. Outra curiosidade de Hyde Park é o Speaker’s Corner, onde qualquer cidadão pode discursar sobre o tema que lhe apetecer. A tradição exige que o orador esteja em cima de um caixote ou cadeira, evitando assim pisar solo inglês. Karl Marx e George Orwell foram duas das figuras que trouxeram fama a este local do parque. Animação não falta por aqui durante todo o ano, mas é no verão que Hyde Park se transforma na ‘praia’ dos londrinos, que vêm apanhar sol, banhar-se ou andar de barco no lago. Um piquenique é um programa a ter em conta.

Londres: um roteiro divertido (e gratuito!) para toda a família
créditos: Patrick Robert Doyle/Unsplash

Não longe de Hyde Park está o Palácio de Buckingham, onde pode assistir à afamada Troca da Guarda. É possível que tenha de chegar com alguma antecedência, mas nenhuma viagem a Londres fica completa sem este ritual, que acontece às 11 da manhã no pátio do palácio, ao som de uma banda. Menos agitada é a troca da guarda montada no Horse Guards Parade, em St. James Park. Igualmente gratuita e majestosa, a cerimónia está marcada também para as 11 da manhã de segunda a sábado e ao domingo para as 10 horas.

Vistas panorâmicas

Londres: um roteiro divertido (e gratuito!) para toda a família
créditos: Joseph Hwang/Unsplash

Subir ao The Shard, o mais alto edifício de Londres ou dar uma volta no London Eye podem oferecer fantásticas panorâmicas da cidade, mas existem alternativas que garantem imagens igualmente inesquecíveis, com a vantagem de não obrigarem ao pagamento de bilhete. Siga até à City e suba até ao 15,º andar do 120 da Fenchurch Street. Encontra aqui um recente jardim suspenso, com uma fantástica vista sobre a Tower Bridge, o The Shard ou a Catedral de St. Paul. Aproveite o clima tranquilo para fazer uma refeição num dos bancos. Quem sabe, uma boa dose de fish and chips.

Londres: um roteiro divertido (e gratuito!) para toda a família
créditos: Timur Valiev/Unsplash

Na mesma rua, mas no número 20 está o emblemático Walkie-Talkie, edifício que oferece também um miradouro em forma de jardim de inverno a 150 metros de altura. O acesso é gratuito, mas pode sempre desfrutar do Sky Pod Bar. E como não há duas sem três, rume a Camden e encontrará bem perto Primrose Hill. Este parque excelente para relaxar está num local elevado e proporciona vistas fabulosas, London Eye incluído.

Londres a pé

Londres: um roteiro divertido (e gratuito!) para toda a família
créditos: Bruno Martins/Unsplash

Leve calçado confortável na bagagem e prepare-se para caminhar pela cidade. Felizmente para quem faz cara feia ao exercício físico, Londres é uma capital plana. Um dos percursos mais populares leva o visitante a Southbank, ou seja, à margem sul do Tamisa. Ponha a câmara a postos e reserve muitos frames para algumas das maiores atrações, como a London Eye ou a Tower Bridge. A estes junte o Palácio de Westminster, o Big Ben, a Tate Modern ou a Torre de Londres.

Depois de conhecido o centro da cidade, parta para Notting Hill, zona que se tornou famosa graças ao filme homónimo com Julia Roberts e Hugh Grant. Alguns dos cenários da comédia romântica são hoje paragem obrigatória de turistas de todo o mundo, rivalizando com a incontornável mercado de Portobello Road. Datada do século XIX, esta feira acontece todos os sábados e vende de tudo um pouco, de frutas e comida pronta a antiguidades e artigos em segunda mão. Mesmo que não planeie fazer compras, vale a pena passar por aqui pelo ambiente.

Londres: um roteiro divertido (e gratuito!) para toda a família
créditos: Sarah Ehlers/Unsplash

Londres não desilude os amantes da cultura pop. E os fãs de Harry Potter fazem parte da lista. Se pertence ao clube de fãs do feiticeiro criado por J.K. Rowling, ou viaja com crianças que conhecem a história de trás para a frente, dê um salto até à estação de King’s Cross, mais precisamente até à Plataforma 9 ¾. A foto está garantida, apesar das possíveis filas, agora a viagem para Hogwarts só mesmo na ficção. Reais eram os Beatles e os seus muitos fãs ainda hoje visitam Londres em busca dos locais ligados à banda. Um dos mais procurados é a famosa passadeira de Abbey Road, que serviu de cenário à capa do disco homónimo. A foto, que mostra os cinco de Liverpool a atravessar a rua, foi a quinta de seis tiradas a 8 de agosto de 1969 e continua a ser reproduzida vezes sem conta por turistas e beatlemaníacos.

Uma escapadinha de fim de semana ou mesmo umas férias que não estavam no calendário. Todas as desculpas são válidas para (re)visitar Londres. De que está à espera para reservar já o seu voo com a TAP?

Londres ida desde 72€