"Foi um ano excecional para a atividade turística em Paris e na região parisiense", declarou satisfeito Eric Jeunemaitre, presidente do Comitê Regional de Turismo de Paris (CRT).

Os hotéis parisienses acomodaram 35 milhões de turistas em 2018, um aumento de 36% em comparação a 2017, graças, sobretudo, aos clientes estrangeiros (+8,7%).

Os italianos (+27,5%), os japoneses (+18,5%) e os espanhóis (+16,1%) são os turistas estrangeiros que mais voltaram a visitar a "Cidade Luz" depois de uma queda por motivos de segurança, após os atentados extremistas de 2015.

32 horas em Paris? Tudo o que precisa de saber para aproveitar ao máximo
32 horas em Paris? Tudo o que precisa de saber para aproveitar ao máximo
Ver artigo

Os americanos continuam a ser os mais presentes, com 2,8 milhões de visitantes no ano passado, seguidos pelos britânicos (2,06 milhões, +15,7%), alemães (1,2 milhão, +15%) e chineses (1,2 milhão, +3,9%).

As rendas do turismo também aumentaram, até os 21,5 mil milhões de euros, ou seja, 974 milhões a mais do que em 2017 e 2,3 mil milhões a mais do que em 2016.

Paris bateu o seu recorde anterior apesar de uma queda na chegada de passageiros internacionais de entre 5% a 10% em dezembro, em meio a protestos contra o governo do grupo dos "coletes amarelos".

As imagens dos distúrbios que marcaram algumas das manifestações deram a volta ao mundo, fazendo com que vários turistas estrangeiros cancelassem as suas viagens.

Fonte: AFP

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.