E quando as restrições devido à COVID-19 forem levantadas? Já pensou no que gostava de fazer? É provável que já tenha pensado e ficado com mais dúvidas do que certezas, pois o medo de contágio e as incertezas pairarão no ar. No entanto, já existem países a aliviar as medidas de restrições e a regressar à normalidade como a China.

Este sábado, a secção da Grande Muralha da China, que reabriu aos visitantes no dia 24 de março, recebeu centenas de visitantes. Veja as imagens:

O funcionamento e as regras para visitar a Grande Muralha em tempos de COVID-19

A secção de Badaling, que se estende de Bei Liu Lou a Nan Wu Lou Ban, está aberta todos os dias entre as 9h e as 16h e só é permitido 30% do número habitual de visitantes na área.

Para visitar o monumento, os interessados devem reservar o bilhete com antecedência, através do site oficial. Assim que os visitantes chegam à Grande Muralha, serão sujeitos à medição da temperatura.

Os visitantes devem usar máscaras e permanecer pelo menos a um metro de distância entre si, durante toda a visita. As equipas médicas e militares terão entrada gratuita, mas também terão que seguir o mesmo conjunto de regras.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.