Um dia após o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, ordenar medidas de confinamento, na tentativa de impedir a propagação do vírus, uma equipa de manutenção de estradas aproveitou a rua deserta e repintou a movimentada passadeira de Abbey Road.

"Esta é uma passadeira muito movimentada e repintamos as linhas para garantir visibilidade e maior segurança aos condutores e peões. Os nossos funcionários seguem as orientações do Governo para limitar a disseminação da covid-19, incluindo o distanciamento social e a lavagem das mãos”, disse um porta-voz da Cidade de Westminster, citado pelo The Guardian.

O governo classificou a passadeira como local de importância nacional em 2010 e, desde então, só pode ser alterada com a aprovação das autoridades locais. "Esta passadeira em Londres não é um castelo ou catedral, mas graças aos Beatles e a uma sessão de fotos de 10 minutos numa manhã de agosto de 1969, tem um impacto tão forte quanto qualquer outro local do nosso património", disse na época John Penrose, ministro do Turismo e Património.

A capa de Abbey Road foi fotografada às 11h35 de 8 de agosto de 1969, quando John Lennon, George Harrison e Ringo Starr fizeram uma pausa ao concluir I Want You (She’s So Heavy) e The End, e Paul McCartney parou o trabalho de Oh! Darling. No meio da estrada, o fotógrafo Iain Macmillan só teve tempo de tirar seis fotografias. McCartney selecionou a quarta imagem como a foto da capa do álbum.

A passadeira repintada pode ser vista em direto através da webcam da Abbey Road.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.