De acordo com o jornal local 20 Minuten, as autoridades estão a oferecer às pessoas sem abrigo vales ferroviários para qualquer destino na Europa, além de 20 francos suíços (€ 18).

Para obter o voucher, é necessário assinar um contrato escrito com o governo da Suíça onde é feita a promessa de não voltar ao país. Toprak Yergu, porta-voz do Departamento de Justiça da Basileia, disse ao jornal Le News que as pessoas que forem apanhadas a violar o contrato serão deportadas do país.

De acordo com o Le News, 31 pessoas já aceitaram a oferta - 14 da Roménia, 7 da Bélgica, 7 da Alemanha, 2 da Itália e 1 de França. Para aqueles que optaram por voltar à Roménia, o serviço de imigração da Basileia ofereceu voos para Bucareste.

Os críticos apelidaram a medida de "limpeza das ruas". Esta não é a primeira vez que autoridades suíças recorrem a medidas que causam desconforto. Em 2014, as autoridades de Genebra multaram uma mulher sem abrigo em 500 francos por viver nas ruas. Incapaz de pagar a multa, a mulher foi detida durante 5 dias. O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos posteriormente anulou a decisão e ordenou que a cidade pagasse à mulher uma indemnização no valor de €922.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.