As capelas bracarenses, desenhadas pelo gabinete Cerejeira Fontes Arquitectos venceram o prémio de melhor Edifício do Ano em Arquitetura Religiosa. Entre os cinco finalistas da categoria de arquitetura religiosa do prémio ArchDaily encontrava-se, também, o altar do santuário de Fátima.

O prémio, atribuído pelo site de arquitetura mais visitado do mundo, distingue espaços cuja “beleza, inteligência, criatividade ou serviço à comunidade” representem a melhor arquitetura do ano.

Braga já tinha recebido um prémio ArchDaily de arquitetura religiosa em 2011, atribuído à capela Árvore da Vida, situada no interior do Seminário Conciliar de São Pedro e São Paulo e da autoria do mesmo atelier de arquitetura.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.