Segundo a autarquia, os trabalhos foram adjudicados por 157 mil euros, financiados pela Agência Portuguesa do Ambiente e pelo município.

As obras deverão iniciar-se nas próximas semanas, anunciando-se agora que o percurso vai contar com fases subsequentes.

Neste momento, refere fonte camarária, “encontra-se em preparação uma candidatura para financiamento da extensão entre Outoreça (Ovil) e Várzea (Campelo).

“Este corredor ecológico vai converter-se num lugar de lazer e contribuirá para a sensibilização e educação ambiental dos utilizadores”, lê-se num comunicado.

O percurso evoluirá ao longo das margens do rio, contando com uma largura média de dois metros.

A intervenção prevê a reabilitação e valorização do rio, recorrendo-se a técnicas de engenharia natural.

Os trabalhos incluirão consolidação das margens, corte e limpeza da vegetação, contenção de vegetação exótica e invasora e remoção de entulhos.

Serão, ainda, beneficiados caminhos existentes, através da aplicação de pavimentos resistentes, instalação de mobiliário urbano em madeira e encaminhamento de águas.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.