O Amrita, que significa "imortalidade", abriu portas a 29 de julho de 2016, em Tóquio. No restaurante é servido um menu orgânico e não é para todas as carteiras. Uma refeição pode custar até 500 euros, pagos adiantados no ato da reserva. O restaurante é para nudistas, no entanto, uma das regras parece contradizer esta filosofia.

Mas não é só a conta bancária e a falta de roupa que limitam a entrada aos potenciais clientes. Existem uma série de outras restrições que o restaurante faz questão de deixar bem claras:

- Pessoas com excesso de peso não entram. Excesso de peso para os donos do restaurante significa ter 15 quilos a mais do peso médio normal;

- Se tem tatuagens, também não pode entrar;

- Se for expulso do restaurante por não cumprir as regras, não será reembolsado;

- Os clientes têm de usar cuecas recicláveis durante a refeição.

- Não são permitidas câmaras de filmar ou fotográficas e os telemóveis têm de ficar dentro de uma caixa fechada;

- Por fim, não é permitido falar ou tocar nos outros clientes.

Dá que pensar...

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.