O restaurante, no porto mediterrâneo de Menton, já é o terceiro melhor do mundo, segundo a lista britânica "50 Best". Agora, a bíblia da gastronomia confirmou a excelência deste chefe de 42 anos nascido em La Plata, Argentina, único estrangeiro com 3 estrelas na França.

Visivelmente emocionado, Colagreco agradeceu aos seus mentores todo o apoio, ao receber o reconhecimento numa cerimónia em Paris.

Colagreco forjou um estilo próprio inspirado nas suas raízes italianas e argentinas e trabalhando com os melhores da França, a principal escola do mundo. Entre os seus professores destacam-se Bernard Loiseau, Alain Passard e Alain Ducasse.

"Sou um cozinheiro argentino com raízes italianas e um restaurante na França. Não é cozinha argentina, italiana ou francesa", e sim "mediterrânea, pessoal e com influência de alguns produtos da América Latina", disse à AFP em 2015.

Entre as suas especialidades destacam-se ostras com tapioca, creme de cebolinha-branca e pera; creme de açafrão com espuma de amêndoa e sorvete de laranja, e risoto de quinoa com cogumelos frescos e creme de parmesão.

O restaurante parisiense "Oka", do brasileiro Raphaël Rego, entrou para o clube de uma estrela com uma culinária que promove produtos da Amazónia.

Fonte: AFP

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.