Tudo começou no final de abril, quando a mãe de Moe Myint May Thu publicou um primeiro vídeo da filha a preparar um prato de camarão. Rapidamente, o vídeo circulou nas redes sociais e a menina recebeu o apelido de "pequena chefe".

"Gostamos de cozinhar juntas durante o confinamento", explica a menina, junto com a mãe, Honey Cho, na cozinha de casa em Rangun.

No vídeo com mais sucesso até agora, com mais de 200.000 visualizações, a pequena chefe explica como preparar o prato nacional birmanês, mohingya, uma sopa à base de massa de arroz e peixe-gato.

Moe Myint May Thu já tem uma conta no Facebook, com quase 50 mil seguidores.

Após esse sucesso, a "pequena chefe" começou a vender pratos sob encomenda, pelo preço de cerca de 7 euros, que são entregues ao fim do dia

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.