Com certeza que já ouviu a expressão "ir para o maneta"  ou "mudar-se de armas e bagagens" e, quiçá, já questionou a sua origem. Saiba que nasceram durante as invasões francesas e a razões? Essas terá que descobrir durante o próximo fim-de-semana em Vimeiro.

A freguesia da Lourinhã vai celebrar a histórica Batalha de Vimeiro, travada no 21 de agosto de 1808, entre o exército anglo-luso, comandado pelo Sir Arthur Wellesley, e pelo exército francês, comandado por Junot. A batalha foi vencida pelo exército anglo-luso e permitiu a restauração da independência de Portugal. Agora quem quiser pode reviver este momento histórico e muito mais.

Será uma viagem até ao século XIX, onde não faltará animação, música ao vivo, workshops e gastronomia. A recriação histórica da Batalha de Vimeiro, o baile oitocentista e o banquete real, são alguns dos momentos chave a não perder.

O Mercado Oitocentista, com artesanato correspondente à época, começa às 19h00 de sexta-feira e acompanha os três dias de evento.

Para além do artesanato, os visitantes terão a oportunidade de provar e comprar produtos gastronómicos caraterísticos da época assim como de realizar várias atividades e ofícios típicos do século XIX. Profissões como a olaria, a carpintaria ou a tecelagem de lã estarão representadas pelas mãos dos animadores do evento a par de várias demonstrações de manobras militares e jogos de guerra do período napoleónico.

As recriações, que contam com mais de 150 envolvidos de diferentes associações, terão lugar no sábado. Um grupo de recriadores irá desfilar até aos Paços do Município.

É também na tarde de sábado que os amantes do turismo militar vão deliciar-se.  Primeiro, os visitantes poderão desfrutar de uma visita guiada encenada ao CIBV, pelas 15h00, seguida de uma demonstração de manobras militares livres. Depois terá lugar o workshop "Dançar em tempo de guerra". Um dos pontos mais altos do programa acontece às 19h00: o Baile Oitocentista. Mais tarde realizar-se-á a Recriação do Combate Noturno da Batalha (22h00).

O último dia, 16 de julho, tem início com uma nota solene, com o hastear das bandeiras e cerimónia de homenagem aos mortos em combate, pelas 10 horas, ao qual se seguirá uma demonstração de manobras militares pelas 10h30.

Às 12h00, a Recriação Histórica da Batalha de Vimeiro, seguida do “Assalto à Igreja” e, pelas 15h00, os visitantes poderão participar em vários jogos de guerra do período napoleónico. Para quem preferir artes plásticas, o workshop de pinturas de miniaturas napoleónicas, também pelas 15h00, e o de modelagem de barro, pelas 16h00, serão também opções tentadoras.

Para terminar o dia, a organização propõe concertos dos grupos Manuk a ZaraGaitaS, seguidos da cerimónia de arriar das bandeiras.

Este evento é organizado pela Câmara Municipal do Lourinhã acompanhada da Junta de Freguesia de Vimeiro e da Associação para a Memória da Batalha de Vimeiro.

Mais informações sobre o programa poderão ser consultadas no site oficial do evento.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.