O projeto “À Luz do Património” definiu como meta “oferecer um ciclo composto por 13 instalações transformadoras da vivência dos espaços públicos do Centro Histórico do Porto, dinamizadas por um conjunto de 20 eventos multidisciplinares, atrativo de cerca de 87.500 espetadores”, refere o documento a que a Lusa teve acesso.

Trata-se de um “ciclo de programação cultural” assente na valorização do Centro Histórico do Porto que, acompanhada de uma “celebração mais lata da classificação da Unesco”, irá contribuir para “atingir a meta dos 1.051.459 visitantes” ao local que é património mundial.

A iniciativa tem como tema a luz que “será um mote unificador para as interpretações de usos do espaço público no centro histórico e na cidade circundante”, pelo que a programação poderá passar por “atividades com formatos tão variados como instalações, performances, audiovisual, visitas, oficinas, programas noturnos e diurnos”.

“O evento assentará numa forte componente de intervenção física em espaços público, mediante instalações acolhedoras ao estar, dinamizados por um leque de eventos performativos e ainda por programas culturais”, explica o projeto alvo de candidatura ao programa operacional regional e aprovado em junho, segundo dados divulgados pela plataforma Norte 2020.

O projeto de celebração candidatado prevê três etapas, que inclui a apresentação de convites a artistas para conceberem as 13 instalações que se pretendem “transformadoras da atmosfera e modos de estar, através da modelação da luz em espaços públicos nodais nas circulações encontros do centro histórico”.

“As instalações deverão ser concebidas para considerarem não só a sua presença noturna como diurna, mas também para dialogarem com a as simbologias e rituais de cada período do ano, estabelecendo conexões de continuidade entre a cidade e o seu centro histórico”, explica o documento segundo o qual o ponto alto da programação, que se mantém até junho de 2017, irá decorrer entre os meses de novembro de 2016 e janeiro de 2017.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.