Foto: Paulo Magalhães / Miguel Nunes

A sessão de inauguração da Exposição irá decorrer no dia 14 de maio às 11h30, procedida pela Comissão Executiva das Comemorações do Centenário da Descoberta da Insulina.

A exposição já marcou também presença em Lisboa e Coimbra, e poderá ser posteriormente visitada nas cidades do Funchal, Braga e Covilhã, entre outros locais a definir.

Esta exposição revisita os principais marcos históricos relativos ao tratamento da diabetes, desde o antigo Egipto, data de 1550 A.C., onde havia já referência a uma doença semelhante à diabetes, e até ao ano de 1921, o ano da descoberta da insulina.

A iniciativa “Uma Visita à História da Diabetes no Centenário da Descoberta da Insulina”, faz ainda menção aos anos 80 do século XX, década em que a insulina passou a ser comparticipada a 100% pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Em Portugal destaca-se a figura de Ernesto Roma, a quem se deve a criação da primeira associação de diabetes do mundo, a Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal (APDP) presidida por José Manuel Boavida e que conta hoje com cerca de 130 colaboradores.

A exposição poderá ser visitada ainda no Porto no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, onde estará patente de 26 de maio a 16 de junho.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.