O território do Qatar tem uma área total de 11.521km2, sendo assim 8 vezes mais pequeno do que Portugal. A única fronteira terrestre é com a Arábia Saudita e é apenas uma faixa de cerca 60km de deserto, no seu extremo sudeste.

É um país de contrastes, em poucos quilómetros passamos da paisagem na Península de West Bay, onde predominam os arranha céus, para o arrebatador deserto com toda a sua cultura envolvente.

O Qatar é, provavelmente, o país do mundo que melhor combina o processo evolutivo de uma grande metrópole, com a manutenção da cultura, arquitetura e tradição típica dos países do Médio Oriente. É um país onde ter um guia é essencial para uma experiência fantástica. Nós tivemos a sorte de contar com uma guia portuguesa, Raquel Ferreira. Foi um luxo ouvir todas as explicações sobre a cultura, os locais e tradições do Qatar na nossa língua.

Assim, em conjunto com a Raquel Ferreira do @qataremportugues, deixamos o nosso top 10 para uma primeira visita ao país.

1. Souq Waqif

O velho mercado árabe, chamado de Souq Waqif ou mercado de pé, pela forma como surgiu e pela sua proximidade ao porto das Dhow (embarcações tradicionais), é o local onde se pode mergulhar na cultura local. Não sendo um mercado turístico, é possível encontrar diariamente os residentes locais a fazerem as suas compras. Como é tradicional dos mercados árabes, o espaço engloba diversos mercados: ouro, tecidos, perfumes, especiarias e, até, falcões.

Souq Waqif
Souq Waqif créditos: Viagensa4

2. Museu de Arte Islâmica

Não apenas pela coleção, mas também pela arquitetura interior e exterior, o Museu de Arte Islâmica é uma das paragens obrigatórias em Doha. Além da vista maravilhosa sobre a Baía e o Parque do Museu, com as suas Dhow, a vista das varandas do museu sobre a silhueta da “New Doha” é imbatível. Vale a pena visitar esta que é a varanda mais fotografada da cidade.

Museu de Arte Islâmica
Museu de Arte Islâmica créditos: Viagensa4

3. Mar Interior e Deserto de Areia (Khor Al Adaid)

A 50 minutos de Doha, no ponto mais sudeste do país, esconde-se um deserto de areia marcado pela paisagem magnífica, formada pelas dunas que terminam num mar interior, que marca a fronteira com a Arábia Saudita. Khor Al Adaid é uma Reserva Natural reconhecida pela Unesco e é um dos poucos locais do mundo onde o mar entra pelas dunas até ao coração do deserto, criando praias paradisíacas e proporcionando uma experiência única… Já fez um safari no deserto? E um safari no deserto que termina com um mergulho “refrescante” no mar? Este é um passeio único e imperdível.

Safari no deserto
créditos: Viagensa4

4. Vila Cultural de Katara

Inaugurada em 2010, a Vila Cultural de Katara pretende ser o centro da cultura do Qatar e serve de guardiã das tradições e costumes do país. Situada ao longo de 2km de praia, além de diversos restaurantes e cafés de várias nacionalidades, é possível encontrar em Katara diversas galerias de arte, uma Casa de Ópera, um Teatro, uma Falcoaria, duas Mesquitas e um Anfiteatro, construído à imagem dos anfiteatros clássicos. É em Katara que encontramos a única calçada portuguesa, em local público, existente no Qatar.

Katara
créditos: Viagensa4

5. Museu Nacional do Qatar

Inaugurado no ano passado, este museu conta a história do Qatar, desde o Bing Bang e a formação da Península Arábica, até aos atuais dias e à governação do Emir, H.H. Sheik Tamin Bin Hamad Al Thani. Recorrendo a várias ferramentas interativas e projetando de forma contínua diversos filmes nas paredes do museu, as áreas reservadas às crianças fazem deste museu uma excelente opção para um programa familiar. Mas o grande destaque vai para a sua arquitetura, em forma de Rosa do Deserto, um projecto premiado do Gabinete de Arquitetura Jean Nouvel, que é um dos exemplos do respeito que o povo Qatari tem pelas suas cultura e tradições.

6. The Pearl - Ilha da Pérola

Uma ilha artificial construída sobre o local onde em tempos se encontrava um dos mais férteis bancos de ostras do Qatar. É uma ilha residencial e o único local do Qatar onde até à data os estrangeiros podem adquirir imóveis.

7. Avenida Corniche e Península de West Bay

A Avenida Corniche (na foto de destaque deste artigo) é a avenida marginal que ao longo de 7km percorre a baía da cidade de Doha e faz a ligação entre a “Old Doha” e a “New Doha”, na península da West Bay. Ao longo da avenida podemos visitar vários locais, como o monumento à Pérola e o Oryx, a estátua do Oryx - o animal nacional do Qatar - que foi o símbolo dos Jogos Olímpicos da Ásia que decorreram em Doha, em 2006.

West Bay
créditos: Viagensa4

A Península de West Bay, ou City Center, é o centro financeiro da cidade, onde se podem ver diversos arranha-céus, todos diferentes com excepção dos prédios gémeos, onde funcionam bancos, ministérios, companhias de seguros, entre outros negócios. Iniciada a sua construção no início da década de 80, é atualmente a “cara da cidade” quando se faz uma pesquisa no Google, mas a verdade é que se trata da única zona da cidade de Doha onde é possível encontrar arranha-céus, sendo assim, a única zona da cidade de Doha onde não se encontra uma arquitectura característica da zona do Golfo.

8. Education City - Miraculous Journey

Situadas na Cidade da Educação, em frente ao Hospital Sidra, o novo Hospital apenas para mulheres e crianças, as estátuas do Britânico Damien Hirst retratam a Jornada Milagrosa que é o nascimento de uma vida humana. Da fecundação ao nascimento do bebé, são 14 estatuas de bronze, com 14m de altura, que mostram os vários momentos da gestação dentro do útero que culminam com a estátua de um bebé completamente formado.

9. Khalifa Stadium

O único dos 8 estádios que vão acolher o mundial de futebol FIFA 2022 que não foi construído de raiz, o Khalifa Stadium é o Estádio Internacional do Qatar e foi inaugurado em 2006 quando Doha foi a cidade anfitriã dos jogos olímpicos da Ásia. Com uma capacidade para 40.000 pessoas, vai acolher os jogos da fase inicial do Campeonato do Mundo e está equipado com ar condicionado e Wi-Fi.

Khalifa Stadium
Khalifa Stadium créditos: Viagensa4

10. Porto das Dhow, os barcos tradicionais do Qatar

No início da Avenida Corniche, deparamo-nos com uma visão inesperada. O porto das Dhow, os barcos tradicionais do Qatar, que ao longo dos séculos foram utilizados para a apanha da pérola, para a pesca e para as trocas comerciais. Estando na origem do Souq Waqif, a sua localização marca a Old Doha, mas a sua vista para a New Doha impõe uma paragem obrigatória, para nos maravilharmos com o contraste dos barcos seculares e os prédios modernos.

Porto das Dhow
créditos: Viagensa4

Acompanhe as nossas aventuras no Instagram Viagensa4

Artigo originalmente publicado no blogue Viagensa4

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.